Menu Fechar

Esposos. Não é preciso ver de um lado a autoridade e do outro a obediência

A celebração do dia dedicado a Sagrada Família de Nazaré, juntou na Catedral de Viana representantes das famílias das Paróquias da diocese.
Presidiu a missa o Bispo da Diocese, Dom Emílio Sumbelelo. Estiveram a concelebrar alguns sacerdotes. Participaram da celebração, religiosas e fiéis leigos membros da comunidade Paroquial.
Dirigindo-se aos presentes, Dom Emílio Sumbelelo fez saber que “na Família de Nazaré, a Igreja vê confirmada e exaltado o Desígnio Divino. Aquilo que Deus quis e pensou desde o princípio do mundo, para toda e qualquer família humana e sobre a sua missão, aquela de transmitir e ser guardiã da vida”.
Reconhece o Bispo, que ela, a Família, vive hoje “mergulhada numa profunda crise”. A crise, na qual se encontra, tem a ver com o abalo daquela que é a base de toda a sua estrutura. Os valores tradicionais formam essa base e quando estes desaparecem ou são ignorados, então tudo se desestrutura. Alguns desses valores são: “O respeito e a veneração pelos mais velhos no seio da família, estão a desaparecer. Pior ainda, hoje os velhos são vistos como os causadores de todos os males e desgraças no seio da família. A estima e a presença alegre de um filho tido como Bênção de Deus e como prolongamento da história dos pais”. Uma vez desrespeitados, é difícil que haja convivência familiar, adverte Dom Emílio Sumbelelo.
As várias situações difíceis nas quais as famílias se encontram podem ser resolvidas se se colocar no centro o Amor. “Uma autêntica vida familiar deve ser construída antes de tudo, sobre uma base sólida que é o Amor, a Caridade. E deste modo as relações, as atitudes, a convivência entre o marido e a esposa, devem ser vividas na base do Amor-Obediência”.
Referindo-se ao texto da segunda leitura “maridos amai as vossas mulheres”, diz o Bispo, “Não é preciso ver de um lado a autoridade e do outro a obediência, mas em todos, marido e esposa, a caridade e cada um com dedicação de si mesmo e total disponibilidade, se entrega ao outro”.
A educação dos filhos é uma das missões que o casal tem e aí “os dois juntos são chamados a grande responsabilidade de ensinar os filhos a amor a Deus e ao Próximo, fazendo da família aquele foco lar de amoro, onde se experimentam a justiça e o amor entre os irmãos e irmãs”.
Com estas e outras palavras semelhantes, o Bispo da Diocese de Viana, Foi exortando as famílias cristãs a implorar Bênçãos e Graças diárias para que se tornem mais fortes e firmes na missão que de Deus receberam.

Sammy de Jesus

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *