Menu Fechar

Angola. Três Ordenações Episcopais em quinze dias

Os Bispos auxiliares recentemente nomeados pelo Papa Francisco – dois para a Arquidiocese de Luanda e um para a Diocese de Benguela – começam a ser ordenados este domingo, 23 de Janeiro de 2022.
O primeiro será Dom António Lungueiki Pedro Bengui, cuja ordenação está marcada para a Paróquia de São Paulo, na Arquidiocese de Luanda. A cerimónia vai começar às 10.00 horas.
Nascido no município da Damba, província do Uíge, aos 12 de Dezembro de 1973, foi ordenado sacerdote aos 28 de outubro de 2001. É Mestre em Direito Civil e Canónico, pela Pontifícia Universidade Lateranense, em Roma, e, actualmente, é mestrando em Relações Interculturais na Universidade Aberta de Portugal.
Exerceu várias funções pastorais na Arquidiocese de Luanda, e não só. Até a data da nomeação, desempenhava as funções de Vigário-geral na Arquidiocese de Luanda.
A próxima ordenação, a do outro Bispo Auxiliar, também para a Arquidiocese de Luanda, vai acontecer na Diocese do Sumbe, de onde é oriundo Dom Fernando Francisco.
A cerimónia vai ter lugar na Catedral da Diocese, no dia 30 de Janeiro de 2022, com hora marcada para às 09.00.
Dom Fernando Francisco, nasceu aos 10 de Maio de 1960, no Município do Seles, província do Kwanza Sul e foi ordenado sacerdote aos 15 de Agosto de 1992. É Doutorado em Teologia Dogmática pela Pontifícia Universidade Urbaniana de Roma, em 1997.
Enquanto sacerdote, exerceu várias funções pastorais na sua Diocese de origem, Sumbe. Até a data da sua nomeação, exercia as funções de Vigário-geral da Diocese.
E na Diocese de Benguela os preparativos para a ordenação episcopal do primeiro Bispo Auxiliar para a Diocese.
A cerimónia acontece no dia 6 de Fevereiro de 2022, com missa solene a ser celebrada no recinto da Capelinha dedicada a Nossa Senhora dos Navegantes.
Dom Estevão Binga, nasceu a 2 de Setembro de 1966, em Twei – Quilengues, província da Huila. Foi ordenado sacerdote aos 28 de abril de 1996 e incardinado na Diocese de Benguela. Obteve o grau de Doutor em Teologia Dogmática, na Faculdade de Teologia do Norte, Sede de Burgos, em Espanha (2002)
Enquanto sacerdote, ocupou várias funções pastorais na Diocese de Benguela. Até a data da nomeação, desempenhava as funções de Reitor do Seminário Maior Bom Pastor (Benguela), Secção de Teologia.
Vão ser quinze dias de festa e de trabalho, para os Bispos da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST). As duas primeiras ordenações episcopais coincidem com os preparativos para a primeira Assembleia Plenária do ano de 2021. A terceira, vai ter lugar praticamente do decorrer da Assembleia Plenária.
A Conferência Episcopal ganha mais membros e o Povo de Deus ganha novos pastores, para com ele andar nesta porção da “Igreja – Família de Deus” em Angola.

Sammy de Jesus

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *