Menu Fechar

Diocese de Viana: Semana Santa com retomada das Procissões no Domingo de Ramos

Os missionários da Diocese de Viana estiveram reunidos esta quinta-feira, na Catedral da Diocese. A reunião abordou diversos assuntos entre os quais a apresentação da Constituição Apostólica “Praedicate Evangelium”, a Peregrinação a São José no Calumbo e a Semana Santa.
A saída do encontro, o Vigário Geral da Diocese, Padre Fila José Zua Cassule, fez um breve resumo daquilo que foram alguns dos assuntos tratados.
Em relação a Semana Santa, algumas orientações precisas foram deixada, atendendo ao momento em que ainda se está a viver.
Assim sendo, “na celebração da Paixão prevalece aquela norma do tempo pandêmico, de que durante a adoração e a exaltação da Santa Cruz, vai beijar a cruz somente o celebrante. A assembleia, os demais aproximam-se e vão fazer apenas uma vênia”.
Retomadas, segundo o Vigário Geral da Diocese, ficam as procissões no Domingo de Ramos. “Nas paróquias, a missa principal, seja precedida de uma procissão. É o retomar aquele costume já antigo”.
A missa crismal será precedida de um acto penitencial, para o qual “renovamos o convite a participação” de todos os cristãos. Nessa mesma missa “as comunidades paroquiais hão-de fazer chegar aquilo que foi a Renúncia Quaresmal de cada Comunidade Paroquial”.
Para a Quinta-Feira Santa, Ceia do Senhor, “o Prelado convida as comunidades após a missa da ceia, a não permanecerem muito tempo no local devido a situação sanitária. E também alertou à vigilância do acolhimento, do protocolo para evitar aglomerados porque nalgumas situações o assunto pandêmico ainda não está ultrapassado” – explicou.
Sexta-feira Santa, os cristãos estão convidados a participar da oração das laudes nas respectivas comunidades e “as nove horas da manhã acontece a Via-Sacra”. A celebração da Paixão do Senhor vai acontecer na parte da tarde, salvo algumas excepções, ligadas a alguns lugares que por força do costume, vão ter a celebração ligeiramente mais tarde.
No que toca aos baptismos, disse o Padre Fila José Zua Cassule ser vontade do Bispo da Diocese, “que os eleitos fossem todos baptizados na Vigília da Páscoa, devido ao sentido da própria Páscoa, mas ali onde não for possível devido ao número, que se colocassem na manhã de Domingo e/ou nos outros Domingos de Páscoa”.
O Sacerdote garantiu que as comunidades paroquiais da Diocese estão preparadas para viver intensamente a Semana Santa.
Um outro assunto abordado foi em relação a peregrinação a São José do Calumbo. Neste ponto foi adiantado apenas que a programação já está avançada.
O encontro foi aproveitado pelo Bispo da Diocese, Dom Emílio Sumbelelo, para apresentar aos presentes o mais recente documento, sobre a Cúria Romana e seu serviço à Igreja e ao mundo.
Depois de apresentar ao missionários a Constituição Apostólica ‘Praedicate Evangelium’, segundo o Vigário Geral, Dom Emílio Sumbelelo aconselhou aos presentes que “quando estiver na tradução portuguesa, para que cada missionário, sacerdote, devesse entrar em contacto com essa mesma constituição para perceber o novo ‘modus operandi’ da Cúria Romana, dos Dicastérios e os vários serviços do Santo Padre, hoje na Igreja”.
O Padre Fila José Zua Cassule, vigario Geral da Diocese de Viana, considerou o encontro como sendo de grande importância, sobretudo por ter acontecido alguns dias antes da Semana Santa.

Sammy de Jesus

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *