Menu Fechar

Se quisermos um mundo mais fraterno, devemos educar as novas gerações a reconhecer, apreciar e amar cada pessoa para além da proximidade física, para além do lugar do mundo ou nasceu ou habita.

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *